Ouça a Rádio ao Vivo

End: Praça São Vicente S/N Pau Ferro – Centro - Formosa, GO | Tel: (61) 3631.1796

Horários: Domingos às 08h00 e às 19:30 na Igreja São José Operário e às 10h00 na Igreja Santa Luísa de Marillac
Ver mais

Reflexão do padre › 19/09/2020

Ser cristão é ser semeador!

24ª Semana do Tempo Comum | Sábado

Lc 8,4-15

​O Evangelho que a Liturgia nos apresenta neste sábado, não precisa de muitas explicações, pois o próprio Cristo quem nos fala, Ele mesmo esclarece o sentido da Parábola do Semeador, em seu pequenos detalhes. Acredito que essa homilia feita por Nosso Senhor Jesus dispensa qualquer outra reflexão sobre o Evangelho de hoje.

​Entretanto, como a Palavra de Deus é viva, eficaz e guiada pelo Espírito Santo, todos nós podemos receber as moções divinas da Sagrada Escritura que escutamos e meditamos. Neste sentido, atrevo-me partilhar uma singela reflexão deste atual Evangelho, que hoje nos foi proposto.

​As Palavras de Nosso Senhor Jesus, ao explicar a Parábola do Semeador, fez-me refletir sobre a minha responsabilidade em semear a Palavra de Deus ao longo do caminho que estou percorrendo. Assumo essa missão não apenas por ser sacerdote, mas por ser cristão, que leva a sério a missão que Nosso Senhor Jesus confiou a todos os seus discípulos: “Ide por todo o mundo e pregai o Evangelho a toda criatura” (Mc 16,15). Essa ordem que recebemos de Nosso Senhor deve estar presente em nossa vida, ao ponto de entendermos que ser cristão é ser semeador da Palavra Eterna de Deus.

​Infelizmente, poucos são aqueles que tem a coragem de levar a Palavra de Deus em toda parte. São Paulo em sua Segunda Carta à Timóteo, nos deixou uma importante exortação: “prega a Palavra, insiste oportuna e inoportunamente, repreende, ameaça, exorta com toda paciência e empenho de instruir” (4,2).

​Interessante ver como as pessoas se apresentam como peritos em diversos assuntos: política, futebol, religião, etc. Muitos são capazes de dar explicações e soluções para os diversos problemas como meio ambiente, violências, coronavírus, etc. E quantos são aqueles que conseguem manter longas conversações sobre os mais variados assuntos, mas se calam ao falar de Deus, Sua Providência Divina, Sua Palavra.

​Chegamos ao extremo, em que alguns padres e até bispos deixam de anunciar a Jesus em suas homilias, em suas pregações para refletir e ensinar questões alheias ao seu ministério sacerdotal. Que Maria Santíssima possa interceder por nós, a fim de que sejamos portadores da Palavra de Deus e anunciadores do Evangelho, para que o mundo creia e seja salvo por Cristo Jesus, Nosso Senhor.

Que assim seja!

Pe. Fláunei Alves Pereira
Mestre em Direito Canônico

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *